FNE Sol é disponibilizado a empresas nordestinas – Banco do Nordeste

  • -

FNE Sol é disponibilizado a empresas nordestinas – Banco do Nordeste

FNE Sol é disponibilizado a empresas nordestinas – Banco do Nordeste

imagem coqueiro fne verde

Para maiores informações sobre as formas de acesso ao crédito com essa finalidade, confira aqui no link ao lado: Cartilha sobre Financiamento à Micro e à Minigeração Distribuída de Energia Elétrica.

Fonte: http://www.bnb.gov.br/sala-de-imprensa

Fortaleza, 30 de maio de 2016 – A linha de financiamento à micro e à minigeração distribuída de energia elétrica, o FNE Sol, está disponível às empresas da região nas agências do Banco do Nordeste. O FNE Sol foi lançado nesta segunda-feira, 30, em Fortaleza (CE), com a presença de autoridades do setor, e em toda a área de atuação da instituição, que inclui os nove estados nordestinos e o norte de Minas de Gerais e do Espírito Santo.

O presidente do Banco, Marcos Holanda, destacou as vantagens da nova linha de crédito. “A empresa é beneficiada porque consome energia renovável e limpa e tem ganho financeiro. Inicialmente, o custo é neutro: o financiamento é compensado pela redução do consumo de energia tradicional e, depois, tem-se diminuição significativa dessa despesa”, explicou.

O presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Lopes Sauaia, acrescentou os ganhos sociais da geração de energia sustentável:  “Temos a possibilidade de gerar empregos de qualidade para o Brasil e, assim, ajudar a reaquecer a economia”.

As condições para acesso ao crédito do FNE Sol foram apresentadas pelo superintendente de Políticas de Desenvolvimento do Banco do Nordeste, Fran Bezerra:  prazo de pagamento de até 12 anos, com até um ano de carência; financiamento de até 100% do investimento; e bônus de adimplência de 15%.

O FNE Sol é destinado a empresas de todos os portes e setores, produtores e empresas rurais, cooperativas e associações. Podem ser financiados sistemas completos envolvendo geradores de energia, inversores, materiais auxiliares e instalação.

Ceará

O superintendente  estadual do Banco do Nordeste no Ceará, João Robério Messias, colocou a equipe de gestores da rede de agências da instituição à disposição dos empreendedores. Na oportunidade, dois empresários do estado, dos segmentos de tecnologia e posto de combustível, assinaram os primeiros contratos do FNE Sol.


  • -

BNDES dispõe de cerca de R$ 6 bilhões para investimentos empresariais na Bahia

23/02/2016 20:27

Recurso BNDES – link

BNDES dispõe de cerca de R$ 6 bilhões para investimentos empresariais na Bahia

Para 2016, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tem em caixa cerca de R$ 6 bilhões destinados à Bahia para projetos de desenvolvimento por meio da implantação e ampliação de empresas no estado. Dez por cento dos recursos – cerca de R$ 630 milhões – são voltados às médias, micro e pequenas empresas por meio do Cartão BNDES.

A informação foi divulgada, nesta terça-feira (23), durante reunião entre diretores da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE) e representantes de bancos e agências de financiamento, na sede da SDE, no Centro Administrativo, em Salvador.

“O valor repete o desembolso feito pelo banco nos últimos anos no estado. Mesmo com a atual conjuntura econômica, a Bahia vem mantendo o seu nível de desenvolvimento e a nossa expectativa é que cheguemos, ao final do ano, com os investimentos correspondendo a este valor”, disse o diretor do Departamento Regional Nordeste do BNDES, Tagore Villarim.

Linhas de financiamento

Na reunião, que teve a participação do BNDES, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Sebrae e Desenbahia -, o diretor do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social apresentou os produtos e linhas de financiamentos da instituição, especialmente voltados para os setores de infraestrutura, inovação e energias eólica e solar. “Esses são os setores que têm um grande potencial de desenvolvimento”. De acordo com ele, a instituição dispõe de cerca de 100 linhas de financiamento, além do Cartão BNDES, para micronegócios.

Para o secretário Jorge Hereda, a reunião com bancos e agências de desenvolvimento teve o objetivo de mostrar às instituições o modelo e as novas atribuições da SDE no processo de desenvolvimento econômico da Bahia. “É um contato para estreitarmos o relacionamento e reafirmarmos o potencial do estado. […] Temos atualmente cerca de 100 empresas querendo se estabelecer na Bahia”.

Segundo o superintendente de Desenvolvimento de Empreendimentos da SDE, Paulo Sérgio Ferraro, é de fundamental importância a participação dos bancos e entidades financiadoras no processo de desenvolvimento econômico e social do estado. “Nesse contato, buscamos com os agentes financiadores o apoio a iniciativas ligadas ao desenvolvimento econômico e social do estado. Vamos atrás de todos os recursos possíveis de financiamento. A gente não pode abrir mão deles”, ressalta Ferraro, que é ex-diretor do Banco do Nordeste.

Fonte: Ascom/Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE)


  • -

Financiamento Sustentabilidade – Santander

Linhas de financiamento* para sustentabilidade

O Santander Financiamentos possui dentro de seu portfólio de produtos linhas de financiamento em diversos segmentos, dentre eles destaca-se o Subsegmento de Sustentabilidade, atuando com parcelamentos para eficiência energética; acessibilidade; e processos mais limpos. Seu grande diferencial está na atuação em setores pouco atendidos pelas demais instituições financeiras, além de trabalhar com clientes que não tenham conta corrente no banco, realizando a análise de crédito no momento da venda.

CDC Eficiência Energética de Equipamentos: financia a compra de equipamentos e serviços que utilizem energias renováveis ou energias convencionais de forma eficiente, como por exemplo solar (fotovoltaica) e eólica.

CDC Acessibilidade: financia adaptação veicular, equipamentos para acessibilidade, plataformas de elevação, cadeira de rodas e aparelhos auditivos.

CDC Processos Mais Limpos: possibilita a compra de equipamentos que diminuem os impactos socioambientais causados pelas empresas, como sistemas para reuso da água e equipamentos para a reciclagem e redução de gases poluentes.

*O financiamento dos bens ou serviços poderá ser contratado somente nos Correspondentes credenciados ao Santander Financiamentos e está sujeito à aprovação de crédito e condições do produto no ato da contratação. Tributação: IOF – Imposto Sobre Operações Financeiras (*no caso de aparelhos auditivos não existe incidência de IOF). O Custo Efetivo Total – CET e a taxa efetiva de juros podem variar de acordo com os valores, prazos e demais condições escolhidas pelo cliente. Esta oferta pode ser alterada, suspensa ou cancelada a qualquer momento, sem prévio aviso.

 

Maiores informações. Fonte: Santander Financiamentos em 08/02/16


Inscreva-se no Blog

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

Junte-se a 9 outros assinantes