IFRN ECONOMIZARÁ R$ 1,3 MILHÕES COM USO DE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

  • -

IFRN ECONOMIZARÁ R$ 1,3 MILHÕES COM USO DE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

IFRN ECONOMIZARÁ R$ 1,3 MILHÕES COM USO DE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte agora conta com 14 usinas de energia solar em total funcionamento. No ano de 2016, os geradores fotovoltaicos forneceram 1,6 GWh, onde 11 unidades do Instituto utilizaram a tecnologia, que resultou em uma redução de despesas de R$ 613 mil nas contas de energia elétrica.

Com o uso desta tecnologia renovável, além da economia constatada, o IFRN também evitou a emissão de 142 toneladas de CO2 ao longo do último ano. Para o ano que vem, até o final de 2018, o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), afirma que pelo menos 30% da energia elétrica consumida no IFRN deverá ser gerado por meio de fontes renováveis.

O mais recente gerador fotovoltaico instalado no Campus Mossoró é composto de 315 módulos fotovoltaicos de 265 Wp e 4 inversores trifásicos de 20 kW, gerando uma potência máxima de 83,4 kW. Os painéis solares foram montados sobre parte das coberturas das salas de aula. O mini gerador tem capacidade de produzir cerca de 133 MWh/ano, significando uma economia de R$ 49 mil nos primeiros 12 meses de funcionamento.

Sendo a primeira instituição pública do Rio Grande do Norte a aderir ao sistema de compensação de energia através da produção de fontes alternativas, o IFRN utiliza há algum tempo as placas solares e as usinas fotovoltaicas que transformam a energia do sol em elétrica. Como são ligadas diretamente à Companhia de Energia Elétrica do Rio Grande do Norte (Cosern), geram descontos na conta de luz. Ao todo, o IFRN economizará R$ 1,3 milhões com uso de energia solar fotovoltaica.

Em 2013, a primeira usina de energia solar do IFRN começou a funcionar na Reitoria do Instituto no dia 30 de dezembro. No ano de 2014, a segunda usina entrou em funcionamento no dia 24 de março no Campus Ceará-mirim. Logo em seguida, no dia 17 de abril de 2014, a terceira no Campus São Paulo do Potengi. Em 2014, o IFRN economizou cerca de R$ 85.860,00 em contas de energia elétrica.

Os investimentos continuam, o IFRN irá iniciar o processo de ampliação de geradores fotovoltaicos que já estão em funcionamento. Aqueles instalados na Reitoria e nos campi Santa Cruz, Zona Norte vão receber mais 27,8 Kwp. Já o do Campus Mossoró, vai receber mais 55,6 Kwp. Outros 7 geradores serão instalados nos campus Apodi, Cidade Alta, Ipanguaçu, Macau, Nova Cruz, Parnamirim e Zona Norte, totalizando mais 798 kWp fotovoltaicos de geração distribuída no IFRN, o objetivo é passar a marca dos 2 MW instalados no primeiro semestre do próximo ano.

As fontes renováveis de energia estão batendo recordes de instalações em vários lugares do mundo, o que mostra o constante crescimento da energia solar fotovoltaica. Nós, da SUN7, falamos sobre muitos assuntos que envolvem a energia solar. Se você tem interesse em captação de energia solar, painel solar, placa solar e gerador de energia solar, entre em contato conosco.

Fonte: https://www.portalsolar.com.br


Inscreva-se no Blog

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

Junte-se a 12 outros assinantes